HomeRedes SociaisImpacto de Redes Sociais em Pequenos Negócios

Impacto de Redes Sociais em Pequenos Negócios

SMARTBLOG

smartlinks

A evolução tecnológica mudou significantemente a forma como o mundo interage, alterando igualmente a forma como as marcas interagem com os consumidores. As interações são agora facilitadas através de ecrãs, ecrãs de smartphones, tablets, portáteis, acessíveis e conectáveis a partir de qualquer parte do mundo. A internet, a internet móvel, a cloud, as redes socias, a forma como passamos a estar ligados faz emergir um novo tipo de consumidor. Com um perfil extremamente móvel, um papel ativo e interventivo, a maioria pede conselhos e partilha as suas experiências nas redes socias. Surgem agências de redes sociais, peritas em gerir as comunidades e as relações das marcas nestas plataformas.

A internet deu real significado à palavra «globalização», aproximou pessoas, sociedades, culturas, economias, mercados e desvaneceu fronteiras. No contexto empresarial, assistimos à expansão e à criação de multinacionais, e não só, com o fluxo de ideias e necessidades homólogas o número de startups e novos negócios disparou.

As redes sociais colocaram o mundo a comunicar por cliques. Os consumidores deixam de ser um mero alvo da comunicação, passam a ser parte integrante do processo de comunicação e construção da marca.

Outrora apenas os gigantes tinham acesso privilegiado ao consumidor, com as redes sociais o canal de comunicação foi aberto. Em poucos segundos, as redes sociais colocam as startups em contacto com os consumidores, diminuem o tempo de construção da marca e aceleram o processo de difusão. Isto tudo, a baixos custos.
Em troca é necessário:
Começar por escolher as redes socias onde vai estar, não adianta criar um perfil em todas as plataformas se o consumidor não estiver lá. De acordo com público-alvo deve selecionar a rede ou as redes sociais relevantes para a sua presença online;
Definir uma estratégia, saber quais são os objetivos (por ex.: notoriedade, interação, tráfego, conversão ou vendas) e definir KPIs para poder medir resultados;
Ter uma presença assídua e próxima, publique de forma regular, à mesma hora, nos mesmos dias com um alinhamento programado;
Gerar conteúdos de qualidade, deve começar por questionar que tipo de conteúdo a sua audiência quer ver? Pode utilizar imagens, vídeos, conteúdos que incentivem o envolvimento com a marca;
Ser transparente, ao estar online a marca ganha exposição, é importante que mantenha a sua transparência e autenticidade;
Estruturar uma equipa, deve questionar-se sobre quem o pode ajudar nesta missão? Deve definir os recursos que trabalharão a marca ou optar por uma agência de redes sociais.

Se é para estar nas redes sociais comece por fazê-lo da forma mais correta. Numa perspetiva de médio prazo, estas acabam por ser um forte impulsionador de crescimento para pequenos negócios, não deixe a sua startup de fora.

Partilhar:

Comentários(0)

Deixe um Comentário

Siga-nos