HomeFacebookAfinal as Redes Sociais contribuem ou não para o SEO?

Afinal as Redes Sociais contribuem ou não para o SEO?

SMARTBLOG

smartlinks

  

Marta Sousa Rêgo – Digital Marketing & Social Media Manager

 

 

Afinal as Redes Sociais contribuem ou não para o SEO?

Não é incomum a associação feita atualmente entre marketing digital e redes sociais. Mas a verdade é que marketing digital não significa redes sociais.

Da mesma forma, marketing digital não significa google ads ou SEO. Também não é e-mail marketing ou Facebook Ads.

Antes que este artigo se transforme numa explicação detalhada do que é o marketing digital vamos apenas esclarecer o seguinte: o marketing digital pode incluir qualquer um dos canais acima mencionados. Mas, idealmente, todos os canais que estão ativos devem trabalhar em conjunto para o mesmo objetivo.

Fazer esta afirmação é mais fácil do que efetivamente colocá-la em prática. Temos sinergias óbvias dentro do marketing digital e profissionais muito competentes habituados a conjugar diversas skills. Gerem campanhas de Google Ads e Facebook Ads enquanto fazem uma “perninha” em e-mail marketing. Nada de novo. A coisa complica quando o social media manager quer ajudar o especialista em SEO e não sabe por onde começar.

É este o grande objetivo deste artigo: esclarecer o que um social manager de uma agência de marketing digital pode fazer para colaborar com o especialista de SEO de forma a juntos chegarem mais depressa ao objetivo.

Se fizermos algo simples como pesquisar no nosso amigo google, vamos encontrar várias respostas a esta pergunta. E, como seres humanos normais, vamos ficar confusos e perdidos no meio de tanta informação.

Ora é para isso que cá estamos! Existem vários estudos e artigos que falam sobre a contribuição das redes sociais para o SEO.  Um desses exemplos é o artigo publicado pela Moz que descreve os sinais sociais que contribuem para o SEO. A Stone Temple também publicou um artigo sobre a oportunidade de construção de backlinks através das redes sociais. Como agência de marketing digital de performance, gostamos de suportar as nossas conclusões com alguns números por isso vamos basear-nos no estudo da Hootsuite sobre este tema.

A Hootsuite desenvolveu um estudo intitulado “Projecto Elefante”. Porquê Projecto Elefante perguntas? Porque, na realidade, desde 2015 que a Google nega publicamente o efeito direto das redes sociais no ranking das páginas. Então a Hootsuite decidiu falar sobre o elefante na sala e responder à questão: “as redes sociais podem ou não contribuir para melhorar o ranking na pesquisa?”

 

Mão Esticada com fórmulas e estatísticas desenhadas por cima que representam o Projecto Elefante
Projecto Elefante da Hootsuite

Assim para poder iniciar o estudo e responder à questão, a Hootsuite organizou conteúdo (artigos de blogs) e dividiu-o em três grupos:

  1. Grupo de Controlo: (30 artigos que não receberam qualquer publicação orgânica ou promoção paga nas redes sociais. (ou em qualquer outro lugar)
  2. Grupo A (apenas orgânico): 30 artigos publicados organicamente no Twitter
  3. Grupo B (promoção paga): 30 artigos publicados organicamente no Twitter e depois impulsionados durante dois dias com um budget de 100$ cada um.

O passo seguinte da Hootsuite foi promover duas publicações por dia no Grupo A e no Grupo B durante duas semanas. Na semana seguinte analisaram o resultado. Como se pode verificar na tabela abaixo, a visibilidade na pesquisa aumentou nos 2 grupos “impulsionados”: 12% no Grupo A (Orgânico) e 22% no Grupo B (Promoção Paga). Este aumento demonstra a existência de uma correlação forte entre a atividade nas redes sociais e os rankings.

A Hootsuite decidiu aprofundar mais o estudo e comprovar que as redes sociais afetam direta e positivamente os rankings e não influenciam apenas a aquisição de links como comumente dito. Para isso teve de reduzir a amostra e deixar em cima da mesa apenas dois fatores: alteração na classificação e interações sociais. Este afunilamento revelou resultados interessantes. Na realidade, o estudo demonstrou que existe uma correlação positiva entre as interações nas redes sociais e a alteração na classificação. Ou seja, a Hootsuite conseguiu comprovar que as interações sociais melhoram a posição no rank.  

Agora que sabemos que as redes sociais podem ajudar com o SEO, que ações devem ser feitas nas redes sociais para ajudar os especialistas de SEO?

Abaixo encontras duas ações ao nível das redes sociais que contribuem para o SEO:

  1. Qualidade das publicações – não a quantidade – é a chave. As publicações regulares são importantes mas se não estamos a agregar valor para a nossa audiência, o nosso esforço não vale de muito.
  2. Os gestores de redes sociais devem também ter em consideração as vantagens da promoção de publicações na redes sociais para o SEO. Na realidade o estudo da Hootsuite demonstra que a promoção (paga) de publicações beneficia o SEO praticamente duas vezes mais do que as publicações orgânicas.  

Assim, a estratégia de redes sociais deve estar integrada na estratégia de SEO. Se os profissionais se focarem em criar e partilhar conteúdo de qualidade nas redes sociais o resultado será positivo. Afinal de contas, a qualidade é o fator nº1 no ranking da Google.

Na SmartLinks, somos uma  agência de SEO e de redes sociais que pode ajudar-te na tua estratégia de Redes Sociais de forma a que consigas alcançar os teus objetivos ao nível da Otimização dos Motores de Busca – SEO.

 

Partilhar:

Comentários(0)

Deixe um Comentário

Siga-nos