HomeCuriosidades Marketing DigitalCinco orientações para contratar uma agência de marketing digital

Cinco orientações para contratar uma agência de marketing digital

SMARTBLOG

 

 

Head of Business Develpment

 

 

A partir do momento em que o empreendedor decide apostar na presença digital da sua marca provavelmente vai dar por si sedento por conhecimento especializado na área. SEO, SEA, CTA – mas o que é isso?!

Toda esta gíria digital faz agora parte da sua vida, e a menos que a compreenda e saiba fazer partido dos recursos ao seu dispor, o mais certo é acabar por fazer o contrário ao que pretende: gastar tempo e dinheiro para receber retornos mínimos. ROI negativo – Ah, disso o empreendedor já percebe, certo?

Portanto não caia na tentação de achar que pode desenrascar a sua estratégia digital com tutoriais e posts infindáveis – é uma perda de tempo para o líder de uma organização e o mais provável é não ficar muito a desejar. O passo inteligente é encontrar parceiros estratégicos que possam alavancar o seu posicionamento online.

Mas tenha em atenção os parceiros que escolhe. É importante garantir que os profissionais que contrata têm o nível de competência necessária bem como conhecimentos sólidos sobre o mercado. A falta de conhecimento pode acabar em resultados desastrosos. Sabia que 1 em cada 3 clientes contacta a SmartLinks para refazer trabalho que não foi bem feito?

Atendendo a tudo isto, preparei cinco factores a ter em conta quando escolher os seus parceiros nesta viagem digital. Se as seguir o sucesso será quase inevitável:

 

Agência oferece uma Solução 360º

Umas das características de um líder de topo é a capacidade de visão, de avistar além do horizonte imediato. Procure uma agência que tem uma oferta global de serviços (360º) desde a criação de website, loja online, à gestão do tráfego, criação de estratégia para redes sociais, gestão de reputação online, uma equipa de suporte técnico. Acredite que vai precisar de uma equipa que está preparada para o ajudar a crescer e para concretizar essa visão.

 

Agência é Certificada

Para além dos conhecimentos técnicos, esteja atento às certificações que a agência tenha para comprovar a sua experiência e expertise. As duas certificações que mais importam são a certificação da Google (Google Partner Premier), e pelo Facebook (Blueprint).

 

Agência vende o que quer, não o que precisa.

Infelizmente é mais comum do que gostaríamos, mas à agências que só querem vender o que o cliente quer comprar, e não aquilo que ele precisa. Uma boa agência, íntegra, vai discordar do que o empreendedor diz se achar que não tem razão, e que os esforços que quer implementar não vai trazer os resultados que pretende. O meu conselho: se uma agência tem coragem de dizer que não ao cliente, ouça-os. Provavelmente tem o seu melhor interesse em mente.
Agência é de Confiança (Segurança e Responsabilidade)

É importante que tenha confiança na nos parceiros que escolher. O trabalho que vão desenvolver tem por defeito o tratamento de dados sensíveis, como por exemplo: senhas de contas de redes sociais, cartões de crédito associados, etc. É crucial que se sinta à vontade com quem terá acesso a esse tipo de informação.

 

Reunião Pessoal

Ainda que esta parceria seja tratada no mundo digital, os encontros pessoais ainda são altamente recomendados. As agências de topo estão preparadas e incentivam o cliente a conhecer a equipa e as instalações. Nada como conhecer, cara a cara quem o pode ajudar e deixar o seu discernimento falar mais alto

E o empreendedor? Qual foi a sua experiência ao trabalhar com uma Agência de Marketing Digital? Conte-nos tudo nos comentários.

Partilhar:

Comentários(0)

Deixe um Comentário

Siga-nos